10.4.10

Lição de Jumentinho;

Mais um dia que tinha tudo pra ser comum, o jumentinho em seu 'agreeerte' de sempre. Pastava e esperava sua carga de cada dia. Se achava comum, era comum, até que um homem escolhe montar nele. Normalmente aceitou, claro, essa era sua função,"burro de carga", já estava até conformado. E lá vai o jumentinho com O homem nas costas...

-Oxente, porque essa multidão está se juntando? Minha nossa, nem pesado o carinha aí encima está mais, andaria até mais com ele! Ahh...mas eu estava mesmo merecendo ser famoso, trabalho duro esse meu!

E por todo o caminho o jeguinho foi se deslumbrando com o sucesso, fama, flash que recebia pelo caminho. Chegou em casa super feliz, anunciando a mãe:

- Mainha, estou famoso! A senhora num sabe...altos flash, gritos, atenção! Vou cuidar da crina, mudar até o look, o que a senhora acha de um rasta? limpar os cascos... hoje enquanto carregava um homem nas costas, a multidão estava eufórica, nos acompanhavam, eles me amam mainha! Enfim me reconheceram, viram meu talento, meu valor! Vou ter até cuidado quando sair na rua, ter mais zelo por mim, não carrego mais qualquer um, vou andar mais atento, nem com meus irmãos e amigos vou brincar à toa...é perigoso!

A mãe ouviu tudo quieta, não queria fazê-lo "cair do cavalo" tão cedo. E no outro dia, o jumentinho ultra enfeitado, arrumado pra mais um dia de trabalho, ops! 'amor da galera e mais fama'!

Ao voltar pra casa dessa vez:

- ôh mainha, a senhora paga um psicólogo pra mim? É sério, não entendo essa vida mais não, num sabe?! Fui amado, hoje não sou mais. Porque tão pouco tempo? Fiz nada de errado não minha mãe. Rí pra todo mundo... e não tava com os dentes sujos não. Ontem eu era alguém, hoje voltei a ser ninguém!  Veja se dá pra ser feliz...

E chegou a hora da mãe usar seus dons, sabedoria que provém de mães:

- Meu 'jegue', não vou precisar pagar nada pra você. Você ainda é amado, fama e reconhecimento não é amor. Além do mais, durou pouco porque você deixou que sua presunção ressaísse à Jesus, Jesus montou em você! Você carregava em você, com você, o dono do mundo, por isso você tinha todo o mérito. Você é muito importante, mas sempre ficará mais com Ele, pode não ser como e quando você quer. Sem Ele você volta a ser ninguém...poderia até durar mais um tempo, mas não teria tanto valor e preenchimento! 

QUALQUER JUMENTO COM JESUS É PODEROSO, QUALQUER PODEROSO SEM JESUS É JUMENTO!

(versão complementada de uma historinha que lembrei de ouvir. :D)

2 Comentários:

 
- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.CKrB3I8o.dpuf