13.4.10

O dia que não terminou...

O aniversário de alguém é sempre uma data especial, quando é o aniversário de alguém que consegue encantar todo mundo instantaneamente pelo simples fato de ser especial, noss! :D

Mariana Priscila Souza, você ainda escultará muito o nome dela! Uma mineirinha linda, já super baiana, adotada em seu "oxioxioxi", futura jornalista, muito competente por sinal, e seu aniversário de "maior idade" no último dia 12 de abril foi movimentado aqui na pacata Cachoeira.

Pra variar a 25 de março foi o local (pelo menos marcado para cantar o "parabéns pra você" em volta do bolo especialmente confeccionado, uma delícia, pelas meninas talentosas da turma 2010 de Jornalismo do CAHL!), que pra terminar teve extensão na casa de Pablo Castro e Victor Lima  (também futuros jornalistas) onde os poucos e bons, firmes, persistentes, de fé, nem sempre de "cachaça", mas de sintonia na comemoração adentraram o amanhecer (pra alguns motivo de ressaca e falta a aula hein?!).

Passou-se o dia da comemoração, mas a vontade e o "estar acordado" não deixou o dia terminar, aliás, quando menos esperavamos vimos um outro começar... nada menos saudável mas típica historinha para "contar aos netos" não é?!

Sabe quando tudo tende ao fim?! surge recomeços! Importante é não deixar o "trem terminar"! Muitos chegaram enquanto outros foram embora... o importante era a reposição tão notória para os que continuaram firmes! Ainda assim sentimos a ausência de alguns, mas a comemoração foi bem típico de estudante; há os bons de copo, de fumaça, bons de conversa, de música, de dança, de tudo, de nada, os poetas, os aprendizes,  de rebolation, violão (um obrigada especial a Socrates e Fabiana, super carinhosos e pacientes), os desconhecidos, os de artes, sociais, cinema, história, veteranos, calouros, os que se tornam amigos!

Mari, como toda boa mineirinha, 'no seu cantinho BOTOU PRA QUEBRAR!", mesmo que involuntariamente, só pra constar. É mesmo difícil a adaptação às "mudanças" (se é que ela ocorre convivendo com a saudade constante), mas ainda mais difícil é uma reunião 'estudantil' em prol da causa COMEMORAÇÃO não tornar mais fácil a estadia aqui, não somente pra anirsariante, mas pra todos que estão longe do aconchego.

Mari, espero que esse seja uma das várias comemorações que desfutaremos juntas de tua vida, tudodeboom minha amiga!
;)


3 Comentários:

  1. Muito bom, Lay! Realmente, foi muito show, o niver da mineirinha. E não teve hora para acabar, mesmo! Tomara que as próximas comemorações possam ser tão boas quanto!

    Xero do Xéris.

    ResponderExcluir
  2. SHUAHSUHAUS Adoreeei o texto amiga.. pq não botou umas fotos comprometedoras aí heim? HUSHAU senti falta ;D Posha.. eu sei que vcs sentiram minha fata lá, mas não deu mesmo.. fica pra uma próxima.. HAHA, quem sabe quando EU completar maior idade neh? HSUHAUHSUA beijo e PARABÉNS SEMPRE a Mari por ser como é! beijo Lay e mineirinha ;)

    ResponderExcluir
  3. O meu Deeeus, que coisa mais lindaaaa! Brigada Laay, amei! E brigada a todo mundo que comparecendo ou não, me desejaram um feliz aniversário. Como eu disse, tem sido mais fácil pr causa de vocês! Que não termine nunca, e que tenham outras [muuuitas] comemorações! BEEEIJO

    ResponderExcluir

 
- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.CKrB3I8o.dpuf