15.6.10

Contagem repulsiva


Faltam 2 minutos, e eu quero sumir no mundo e por mais que seja absurda, essa é minha sensação;
Faltam 2 minutos e isso acabaria tudo, sem mais tempo, sem mais dor, sem mais incerteza ou avaliação.
Faltam 120 segundo e mostraria ao mundo que sucumbi e não aguento nem mais um arranhão.
Faltam milhares de milésimos e enfim assumiria, que tudo que tentei, perseverei e insistir  ser até aqui não fez diferença pra qualquer cidadão.
E na essência divina deleita a razão...
Não me venham psicólogos dizer que tenho um problema, todos têm, não é novidade ou solução.
Os problemas que tenho estão na estrutura que me diferenciou de todos, sem noção...
Está especialmente na ação descontente que vou ter que cometer...
Cara-a-cara com meu trauma, suscetível a pior falha que é explodir a emoção.
Ou talvez se desculpar pela impulsão?!
Inferior é caridade.
Diferente é caridade.
Especial é caridade.
Insegura é caridade.
Esquecida é caridade.
Impaciente é caridade.
Desamada é inverdade, mas agora exatidão.
Agora ao léu e ao vento me sinto fraca no tormento de viver em vão;
Nesses minutos eu penso na minha família e não teria coragem de cometer suicídio não.
Ainda que esse possa parecer a conclusão nunca habitou minha direção.
Nos segundos eu vejo que a comodidade não me faria sumir sem destino não.
Nos milésimos eu brigo com a vida e deixo a esperança converter carência em tempo/questão.
Vejo que tudo que um dia foi acréscimo hoje vira necessidade...
Pasmo que o desespero não tem idade.
A loucura é desestabilidade.
Todos diriam ser mau-criação de uma pessoa mimada, falta de sensibilidade...
O fato é que embora sanada materialmente, o coração está dormente;
Amor é além de desejo, é vontade...
Isso tudo é contraditoriamente vontade de viver,
Dar asas ao ser que não aprendeu a se desenvolver e mostrar seu querer...
Mas que ainda assim recebe muita negação.

Estou indo, porque os minutos empurraram os segundos que deram lugar aos milésimos sofrer combustão... E sem saída vou incerta e desprevenida, o disfarce é "bem com a vida", em busca das  companhias que me fariam bem. Vou e ainda levo desculpas de loucuras, o coração em agruras. Espero que haja clima autêntico de torcedora da seleção.

(E ontem pensava assim, hoje já não penso mais!)

0 Comentários:

Postar um comentário

 
- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.CKrB3I8o.dpuf