20.10.10

Pra não nocautear de amor...

"Sei que não foi conhecidência encontrar-me contigo,
talvez tudo isso é o destino (...)
Saiba que estou colada em tuas mãos,
peço que não me deixe cair!"
(Forró do muído)

Onde se reunem mulheres certamente em algum momento vai pintar o tema: homem (gatinhos, machos... depende do “clubinho”), sequenciando em relacionamentos e que vai sempre concluir com a certeza de que o mercado está escasso pra aquelas que ainda na batalha solteira buscam um ‘envolvimento sério’.

Como vai além do “me parece” (e aqui eu tenho não só ciência, mas cumplicidade do universo feminino para escrever sobre) a teoria de que os homens preferem ser, por delicadeza ou sonsidão, 'lerdinhos’ para se darem conta do que está quase que estampado na cara, me compadeci dos meus prezados sexo-opostos (que subdivididos em ‘descarados’ ou ‘distraído’ estão ‘assombrados’ com a situação de ‘cotados’ para ocupar os cargos de namorados) numa luta por uma causa que na verdade é nossa viu meninas?! Mas as dicas com exemplos práticos serão pra eles...

Sim, podemos deixar multicor o que simplesmente é incolor, sensibilizar ao quadrado, fragilizar ao cubo, changear sem medidas, ‘confusear’ sem freios... não nos livramos dessa culpa, mas é proposital a forma como vocês “botam fogo" no negócio? Parece mesmo que vocês aproveitam o fato de serem elevados ao padrão necessidade e acionam o nosso botão  “transforme relacionamentos efêmeros em paixões avassaladoras”, concordam?

Sem mais ‘embromations’, vamos às recomendações pra que vocês sempre tão ‘involuntariamente’ não derrubem as meninas ‘de amores’ (tenho certeza que não precisará desenhar):

Não fale o que podemos levar pro ‘segundo sentido’, coisas do gênero:
- Você tá linda!
- Tava sentindo sua falta, sumiu...
- Adoro essa sua roupa!
- Não sei o que seria de mim sem você!
- Eu adoro você.

Se a intenção não é causar comoção, larga de palhaçada e corta os elogios!  :S

Quando você recebe uma mensagem inesperada e ‘fofamente carinhosa’ fora de horário, você tem certeza que a pessoa lembrou e mais importante, pensou em você, não é verdade?! Não é diferente com as mulheres! Portanto não deixe mal acostumada...

Perfumes, ahhh, os perfumes! Não venham me dizer que são escolhidos somente por preferência. Admitam, tem intenção não é?! Enfraquecer? Embebedar? Quer saber?! Nada de perfumes, desodorante, colônias por perto... começa a feder, adote um estilo além do selvagem. Intuito? Seu cheiro não ser lembrado durante todo o dia!

Disfarce suas qualidades! Precisa ser tão espontâneo?! Faça o favor de escondê-las pra mostrar somente pra quem você quer... não precisa encantar as ‘rejeitadas’ exibindo sua inteligência, mostrando dotes, demonstrando suas habilidades. 

Pra que nos serve saber o quanto você entende de escritores clássicos e quais suas obras prediletas no cinema? Porque sair de um jogo de futebol afrodisiacamente sorrindo e esbanjando carisma? Pra que ser gentil e disponível configurando tão rápido o ‘probleminha’ do notebook que apenas comentamos? Você não tem camisa não?! Seja burro, metido, desleixado, sem estilo, porte, chagada... por favor!

Não precisa chegar tão perto. Porque olhar? toda vez que cruza o caminho ser educado ao ponto de cumprimentar ou mesmo parar pra minutos de conversa?! Sentar do lado sem necessidade alguma?! Visita surpresa em casa?! Beijinho e abracinho?! Tava com saudade de quê?! Mantenha distância de metros... melhor, quilômetros. Não! Dias! Humm... meses?! Anos e não se fala mais nisso, está ótimo!

Porque você tem que cantar? você toca também?! Ahh, que bom, você é dotado de talento... mas música romântica já é ‘golpe baixo’ não é?! Depois não quer que ela imagine você cantando no casamento de vocês... (hihihi). Já que não tem como poupar nossos ouvidos canta “sou facin”, “raspadinha” ou “tome madeirada”, sei lá! E nunca, nunca dê dica de onde quer passar a lua-de-mel... sim, pra quê comentar os lugares que você sonha em conhecer coleguinha?!

Agora me diga, qual o propósito de colocar um apelido? Ou mesmo chamá-la pelo que já é dela, mas com uma intonação que ela só ouvirá na sua voz?! Por mais carinho que tenha não dê tratamento VIP ‘pelamor’...  Chama pelo nome, nada põe mais “na real” que chamar pelo nome, ou mais ‘tosco’ ainda, pelo sobrenome... imagina: “Araujo! E aê?!”. Terrível, mas é repelente muito útil!

Eu sei, você entrará em processo de robotização, mas não são toques desprezáveis, pense bem... potencialize agora sua criatividade pra deduzir mais formas de evitar a ‘bagaceira’... mas, sinceramente?! Se você já ‘arrebatou’ o coração dela, nem adianta espernear... você fingindo não ver ou tentando fugir das abordagens,  ela vai continuar caindo das pernas, suando frio, sonhando acordada, suspirando, aguardando uma mensagem, uma forma de comunicação, imaginando conversas, programando seus horários pra te encontrar "por acaso", com os olhos brilhando a cada aparição, movimento ou palavra sua... ‘miseravelmente’ apaixonada! 

Se já estiver nesse estágio e você não tiver mesmo o mínimo interesse na garota, não brique com sentimentos. Tenha ao menos CUIDADO, porque nenhuma dica adiantará, as patadas podem parecer carícias, a estupidez a mais singela demonstração de humanidade... apenas se dê conta de que está em suas mãos um coração que você terá mesmo muita dificuldade pra fazer ‘descarregar’... e essa é uma etapa que realmente não sei te ajudar!


Isso é Muíiíídooo:

2 Comentários:

  1. Seria bem interessante se esses homens seguissem tais recomendações... Só acho difícil! kkk

    Beeeijos Lay
    Atualizei o meu tbm :)

    ResponderExcluir

 
- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.CKrB3I8o.dpuf