5.12.10

Semelhanças


"É exatamente quando a gente tá cansado,
o coração distrai e então a sorte vem!" 
(Bruno Miguel)



Te reencontrei há 3 anos. Amizade de base, cabelo escorrido, cara de modelo e o jeito relaxado de falar com autoridade. Nossas histórias nunca passariam de boas lembranças adolescentes até você enxergar que n'outra fase poderiamos ter outras possibilidades. Você era quem talvez eu queria em um desfile qualquer, outro sábado vazio, no inverno pra esquentar. Interessante bola meio murcha que poderia encher e fazer um gol. Mas nada que me fizesse tirar a camisa, sair correndo e vibrar. Hora de partir!

Te conheci há 3 meses. Era uma simples visita a minha cidade que não duraria mais que 3 dias. Você tinha uma arma, ou duas, talvez três depois que me acertou. Dançamos, sorrimos, sabíamos que mesmo os números trocados não tornariam nossa função simples em uma artimética complexa. Insistiu, empurramos, nos envolvemos e chegamos a envolver, mas não nos aproximamos. Foi o tempo preciso pra que eu me encantasse e você desistisse do feitiço. Hora de seguir!

Te encontrei há 3 semanas. Eu queria demais, embora já me convencesse que não era pra querer. Sentia algo extremamente novo que entretanto só me fizera doer e temer. Meu culpido amante e ciumento iria auxiliar meu dedo torto que tira meu coração da linha. O tipo errado de escolher sempre é o que atrai minha atenção, comanda meu inconsciente tão forte que Murphy me chamaria de manteiga, caiu de cara. No meio do incidente já estavamos lá. Cheguei a subtrair seu poder de existir pra mim e te comparei a metade do que se pode chamar de realização. Não erro na escolha, erro nas percepções iniciais. Hora de esquecer!

Ser gente grande era dividir risos mesmo que em cenas diferentes, por motivos bobos. Era dividir os amigos, a orla, a varanda e o espaço entre cada respiração. Era compartilhar os braços, as poucas horas e se atrapalhar quando a marcha fosse entrar na terceira. Três encontros, três talvez eternas histórias, três laços que se cruzam e deixam marcas no currículo. Talvez os nomes se confudam no início ou se repitam no fim, se arrisquem a ganhar outros sentimentos na vida ou não tenham finalizado, o que fez a atração seguir por mais tempo.

2 Comentários:

  1. ótimo texto...

    e só*

    bjos...
    tô sempre por aqui...
    a responda minha última postagem, pliz...


    *demais comentários serão feitos pessoalmente, pois podem gerar situações constrangedoras...

    ResponderExcluir
  2. Respondereii. **

    Mas a previsão dessas perguntas já causaram um medo prévio!oO

    ResponderExcluir

 
- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.CKrB3I8o.dpuf