18.5.11

Teoria do cachorro




Esse post poderia ser uma homenagem uma vez que me lembra demais o primeiro ser que falou pra mim, mas como a idéia é expandida e desmedidamente adquiriu adeptos... meninas, não caia nessa cilada sem antes analisar os fatos:

-Você gosta de gatos ou cachorros?

As mulheres honestas, quando analisando as mudanças de características que as raçam sofrem do reino animal para o humano, responderão gatos e ficaram constrangidas quando ouvirem da boca de um homem de forma encantadora...

- Mas mulheres precisam de cachorros... que é um bicho companheiro, fiel, amigo, enquanto o gato é traiçoeiro e enganador.

Sim, eu preciso de um cachorro e sem metáforas eu prefiro mesmo os cachorros... mas quando metaforicamente esses cachorros sabem "latir" mas não mordem, corram! Sabe porque? existe cachorro sem pedigree... todo cachorro que se preze precisa ter raça e porte pra mostrar ao que veio, tem que nascer bom pra a gente não descobrir nas entranhas os pés duros, olhos juntos e o coro frágil. Tem que ter bom faro pra não se deixar levar por qualquer ciu e ser criado saudavelmente com ração pra não comer qualquer comida.

Ele vai andar com classe e não perder a pose quando encontrar outro rosnando mais alto na esquina. Ele saberá que fidelidade não se troca ao mudar de dono, é daqueles que orre para seus braços quando você chega em casa. Um bom cachorro tem que ter coleira, porque somente o dono mostrará a direção e lhe fará andar na linha...

Enfim, eu também sou adepta da teoria amores, nós precisamos de cachorros... mas na escolha entre um cachorro sem raça e um gato, o gato pelo menos passará o tempo fazendo bem as vistas e mostrando verdadeiramente ao que veio... ;)

2 Comentários:

  1. Êi linda, estou te seguindo.
    Lindo blog, me segue também?
    Beijooo ;**

    http://umamor-demenina.blogspot.com/

    ResponderExcluir

 
- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.CKrB3I8o.dpuf