20.7.11

Muito meu,

Depois, um amigo me chamou
para ajudá-lo a cuidar da dor dele. 
Guardei a minha no bolso. E fui.
(Caio Abreu)




Enquanto isso no dia do amiigo...

Cada um, um jeitinho. Em cada canto um carinho, lembranças e um mar de significado. Cada pergunta, um certeza: não preciso de respostas, apenas agradeço. É e agradeço a Deus por cada amiguinho que se tornou amigão. Cada colega que penetrou em minha casa. Por cada casa que eu entrei sem graça e ganhei tios... e mesmo na casa dos tios. Por cada aprensão que um olhar alivia com um sorriso. Cada amigo de amigo que virou amigo. Cada "irmão" que é mais que isso. Entre palavras, scraps e passeios, fotos, gargalhadas e desvaneios. São relações forte que compartilham ideias ou apenas se respeitam e se aceitam... para ser feliz de algum jeito. Alguns mandam testar os amigos: se der uma festa a gente vê quantidade, se na doença, qualidade. E tem como se doar em proporção? Amigos não carecem de teste, eles aparecem quando podem, farão o que podem e sabem bem o que guardam por dentro. Acaso hajam decepções, e pessoas sempre decepcionam, não há um método de arrancar a parte do coração que lhe cabe, existem memórias acumuladas. É involuntário se sentir à vontade para perguntar qualquer coisa quando se é amigo, para pedir qualquer coisa quando se é amigo, pra ser assustadoramente franco ou fraco quando se é amigo, pra resenhar mais forte quando se é amigo. Aí se compartilha casos e acasos, família e fatos...e quando você cai não espere alguém que te levante, mas que cai de rir ao teu lado. E quando você sofre, não espere consolo pra teus xingamentos internos, espero a verbalização de todos eles. Ou não, existem o mais paternos e não menos eternos. E quando sozinho nada faz teus olhos brilharem mais que saudade, que ver velhas fotos e relembrar muitos momentos que o giro do mundo e que o tempo soprou, vai dificultar realizar. Mas olhe ao redor e você vai ver que existem novos e não menos importantes, não menos inspiradores. Talvez você tenha o número do celular, nem liga, seu amigo já trocou... mas está lá, porque de alguma forma, ele vai sempre ocupar um lugar todo errado, todo exibido, todo querido em sua agenda. E quando na oportunidade de se ver, o abraço é o mesmo e a sequência de assunto, a curiosidade por você.

Ahh, meus amigos, o mundo seria pouco divertido, menos colorido e porque não dizer inteligente e bem sucedido sem vocês?! Quer saber, o equilibrio do mundo ainda está nos laços que nos mantém firmes.


Amigas e amigos:

0 Comentários:

Postar um comentário

 
- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.CKrB3I8o.dpuf