3.8.11

As defesas de sempre.




"Meninas são mais sensíveis!" Quer saber?! Discordo! O mesmo anjinho de candura de uma história pode tornar-se a bruxa malvada em outra, assim também acontence com os meninos que na maioria das histórias são sempre grandissíssimos filhos da p*!

É difícil acreditar em vilões e mocinhos, vilãs e mocinhas... todos nós, independente do sexo, pessoas "pós-modernas", estamos confusos e incrivelmente perdidos. Sabe, cotidianamente escutamos tantas histórias, tantas se desfazem que a consequência é criarmos uma crosta, não tão transparente assim, de medo, medo de se envolver.. Essa é nossa desculpa quando existem caras legais, meninas legais e as defesas de sempre! Passamos a fazer parte de um ciclo vicioso, viciados na desinstabilidade de uma cultura de velocidade - hoje eu quero, amanhã não serve -, em não saber o que desejar porque queremos estar acompanhados e quando essa possibilidade surge, cria-se poréns...

Se existem meninos legais? Ainda essa semana escutei um falar que não entende porque as mulheres preferem histórias imprevissíveis, isso porque o cara estava disposto a ajudá-la naquela prova de álgebra linear em que ela não sabe nem somar e levá-la pra ver aquele filme que ninguém quis ver com ela,  mas ela não quis fazê-lo sofrer porque ainda gostava do ex que não valia nada. Os dois são legais? são!

Existem meninas legais? Quase diariamente ouço ensaios de paciência com tentativas femininas de entender "casos&descasos" que não tem explicação... e amigos que compram a guerra, falam "o cara foi sacana mesmo, isso não se faz com ninguém...". São legais? Chegam a serem ingênuos!

Todos nós já abrimos o coração e em outros momentos fomos insensíveis. Estamos vivos? Quem nunca consolou alguém incrível que depois te fez chorar? Quem nunca esperou uma resposta e ao tê-la veio junto um coração em pedaços?! Quem nunca foi racional a ponto de negar o sentimento mesmo que fosse recíproco?! Sobreviveu?

Nos defendemos de nós o tempo todo e como quem não se enxerga, somos capazes de falar que o romantismo está se acabou.Talvez (talvez mesmo) a gente só aja errado porque ainda não aprendeu a agir certo. Talvez seja só entender que o amor não é uma coisa que você deva esperar acontecer, entender que o amor é uma escolha a fazer... Uma escolha! De pagar pra ver, agora, apesar de. Entender que além da morte nada é tão definitivo que não possa ter outro início, outro fim, uma tentativa, uma doação diferente...

Se você cruzar com o um moço certinho por aí, pede pra ele vir me visitar? ... Gente, ninguém merece temer ser princesa. Ninguém tem que querer ser ogro. Que o moço também não seja babaca envolvido em receios e medos e possa me reconhecer assim que me ver. Amém!

0 Comentários:

Postar um comentário

 
- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.CKrB3I8o.dpuf