31.8.11

Me irrita.



Me irrita como ninguém. Sorri quando eu falo sério. Canta quando eu aconselho. Se cansa na metade da minha conversa ao telefone. Tem uma preguiça mortal de viajar pra "longe". Se finge de bobo quando eu pergunto. Me grita e me faz "catar ficha". Me chama de criança quando eu entro no clima. Fala "oh Deus" quando eu digo "te amo". Faz dancinhas esquisitas quando tem gente à vista. Mas o que ainda assim permanece, é o apego que me fascina...

No fundo se o mundo cair, "partir em banda", ele sabe onde me encontrar. Sei que todas as birras, empacações e surtos são fases que já vão passar, sumir "até o caco". O silêncio é um jeito intrínseco de captar tudo e ganhar o mundo. Eu detesto saber os pontos em que serei "mais chata que mãe". E sei que ainda que "dê dois de mim", nunca vai consegui me humilhar, porque vai ser sempre meu irmãozinho, a quem eu devo cuidar. E eu sei o quanto desse mimo involuntário as vezes irrita também! :B

E acho graça quando a raiva passa. E dou motivo quando enche de "nigrinha e traça". E me orgulho quando, sem jeito, ele revesa a teimosia com a prática. E oro muito, porque é uma vida em dádiva!

E no fundo eu sei que dentro da casca tem juízo, fora da loucura tem princípio. Sei bem que o jeitinho de dizer "não", na maioria das vezes é modéstia, pra disfarçar o tanto de talento que trás. Aí eu insisto mais: eu acredito, eu confio e eu conheço um pontencial bem maior que o da timidez. Eu conheço de longa data o ritmo, a flexibilidade, a sensibilidade e até o jeito de inserir frases de músicas em diálogos; Sinto até que doei...

Uma vez achei estranho quando perguntaram se eramos casados - poxa, além de novos, cara de um, fucinho do outro, eu nem sou tão grudenta assim (hihi)... -, mas o nosso é um casamento mais forte: um amor de sangue e além!

É Papai do Céu, obrigada de novo, mais um ano... ele na minha vida continua me fazendo bem!
 
Por você eu bebo o mar de canudinho,
atravesso o polo norte de shortinho! 
(Seu Maxixe)




4 Comentários:

  1. Brigadoo Lay, eu seei qui tu me ama. Ñ precisa se humilhar tantoo assim ñ.
    huahauhauhauauh
    Zueiraa.
    Apesar de tudo eu também te amoo pôo S2
    ;D

    ResponderExcluir
  2. Apesar de tudo. Humilhar? Eu amo mesmo...

    ResponderExcluir
  3. Esses são meus filhotes. Vcs são tudo que eu pedi a Deus. Que Ele, pela sua grandeza, continue guiando-os no caminho do bem e da sabedoria. Amo-tes!

    ResponderExcluir

 
- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.CKrB3I8o.dpuf