12.2.12

Só por essa noite...


Já não sei se hoje o meu desejo é te devolver o que coloquei em tuas mãos completamente lá atrás. Por vezes parece saudade, mas não sei. Talvez seja carência, filminho com amigos, madrugada de sábado a noite... Você tinha aquele olhar desconcertante, cheio de encanto e arqueio na sobrancelha para reprovar. Você carregava aquele sorriso, cheio de sobriedade e irônia para me tirar do eixo. Você me irritava com silêncio, certo de que voltaria para te dar minha mão com dengo e continuar. Você partia e me deixava à espera, eu só, tu e elas. Às vezes tenho saudade, mas... ah! Continuar vagando a esmo não parece uma carga tão imbecil quando não se tem certeza da direção ou caminho certo para andar...

(Laís Sousa)

0 Comentários:

Postar um comentário

 
- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.CKrB3I8o.dpuf