27.3.12

Guerra sem dúvida, mas o que fica é paz.

Tem dias que a gente nos dá de presente! Hoje usei relógio como enfeite, carreguei o celular só para mandar mensagem a cada mimo que me lembrava alguém querido, andei muito e parei todas as vezes que meus olhos brilharam. Fiz de tudo que me estapasse um sorriso na cara. Vou compartilhar com vocês o laço do meu embrulho:



Guerra é guerra. Carismático, belo e leve. Um ótimo investimento: da Fox e do seu tempo de lazer. Não somente por conta do trio Chris Pine, Reese Witherspoon e Tom Hardy, mas porque a comédia romântica toda trabalhada na ação - fator que satisfaz também os homens espectadores da sessão - não é meloso e pouco importa o previsível! O filme no estilo Sr. e Sra. Smith, Par Perfeito, Encontro Explosivo e boas comparações, me abriu um leque de linhas de raciocínio,  difíceis de desperdiçar...

Uma hora ou outra a gente entende que as mudanças de planos e rotas que acontecem em nossa vida tem um propósito, e na maioria das vezes, fazem bem. Hora ou outra a gente se bate com alguém que nos ajude a rir das "injúrias" passadas. E quando re-encontramos e re-conhecemos alguém que já fazia parte de nossa vida de uma forma "desconhecida"?! Prazeres que podem dar certo!

Ahh, as amigas, elas não admitem que estejamos avulsas, sofridas, solteiras e chamam as piores merdas que cometem de ajuda. Elas tem os ouvidos mais utilizados do mundo, mesmo que seus conselhos não sejam colocados em prática. Ahhh, elas te colocam no inferno e vão buscar, porque quando são amigas, são até debaixo d'água!

Quando a sorte vem, ela não vem só e vem de vez, vem trazendo consigo a incerteza, a opção, a eterna questão do: "você vai não vai me fazer arrepender, vai?!"

Quando homens querem uma mulher têm artimanhas de milhares de homens juntos, e não é que conseguem ser beem convincentes!? Não há frieza, nem profissão. O sentimento foi capaz de fazer espiões criarem estratégias, contornar tratados, perder egoísmo, gastar tempo, exercer confiança, experimentar coisas novas, tudo afim de conquistar. Quanta fofura se retira de um "homem família' viu?!

Como mulheres são confusas! O modernismo tem nos doado o desejo por inovações ao tempo que vivemos o apego às tradições...

A amizade masculina: Tem algo mais puro, fiel - fora a sacanagem -, sólido, verdadeiro, íntimo e com o soar mais lindo de um "eu te amo", gente?! Eu sou fã da cumplicidade e das promoções que eles são capazes por um "irmão". Derreto!

- É possível amar duas pessoas ao mesmo tempo? - Amar sim, estar apaixonada não. - Tuchêêê! Somaram contradição ao meu jeito de pensar a confusão paixão/amor. E ainda fizeram questão de lembrar que a escolha deve ser baseada na opção que nos torne melhor, ou ao menos, tornemos melhor... 

E no meio disso tudo ouvi duas vezes: "dor é a fraqueza saindo do corpo". É, para falar de amor tem que falar de dor, tem que falar de mudança, tem que ter surpresa, tem que ter aventura, tem que ter humor, nem que seja o "negro" ao falar de tamanhos e raças, de praxe...

As lembranças terminaram, mas certamente esse é um dos filminhos que vou querer ter ao alcance das mãos, com carinho. Ainda com sorriso nos lábios indico à quem quiser terminar o dia assim ó: risonha e em paz.

0 Comentários:

Postar um comentário

 
- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.CKrB3I8o.dpuf