13.5.12

Dói.

"Ser mãe é dom natural."
(Lí no facebook da minha mãe)
Resgate:
Tudo em mim dói. Dessa vez não posso me concentrar em dengo! Minha vontade é permanecer deitada, dormir até tudo isso passar - quem sabe dure dias. E eu tenho que encontrar força porque entre sensações, eu sinto falta. Sinto falta da bronca meio conselho, meio cobrança, meio questionamento, meio certeza a respeito da minha imunidade rasteira. Sinto falta de alguém que vá em busca do melhor remédio sem que precise pedir. Alguém que saiba minha temperatura mais exata que um termômetro e até manje identificar de onde vêm as dores. Alguém que não se assuste com minhas unhas degradadas e meu cabelo assombroso. Alguém que não vê palhaçada em meu nariz vermelho, aguento... Alguém que decida que está na hora de eu comer alguma coisa mais nutritiva que macarrão com salsicha. Alguém que saiba o que eu gosto de comer! Alguém que me cubra com edredon e me afague enxergando beleza, mesmo quando meus olhos se encontram mergulhados em olheiras e minha face em inchaço...

Certamente essa pessoa não é nem médico e muito menos namorado;
E porque mais um ano eu comemoro o dia das mães à distância, sei que resgatei este texto de uma situação totalmente maternal e que, como em tantos outros momentos menos críticos como agora,  não requer explicação: quero a minha mãe!

Meu farol em qualquer barra.
Feliz dia das mães pra minha,
pra sua,
pra nossa...
pras avós,
pras tias (e "prós"),
pras babás,
pras mães de amigo,
pra amiga que é mãe...
Feliz!



3 Comentários:

  1. Obrigada, filha! Noso Grandioso Deus continuará te amparando e sustendo em cada momento em que a minha presença física não se fizer constante, porque certamente meus pensamentos e orações te acompanharão por onde quer que andares... Ser tua mãe já é um grande presente, imagine ser teu farol em qquer barra! É uma honra inenarrável! Deus te abençoe e guarde, eternamente! Te amo, minha menina!

    ResponderExcluir
  2. Amém, "tem alguém orando, posso sentir... fortes mãos vem me esconder de perigos que eu não posso ver"(8) Honra é ser a filhinha da namoradinha do meu pai! hahá. Amém, te amoo minha mamita!

    ResponderExcluir
  3. Que bom q vc pode sentir... Rsrsrsrsrsr

    ResponderExcluir

 
- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.CKrB3I8o.dpuf