14.11.12

Estações de um fim.


Que a vida deveria ter trilha ninguém pode negar, porque se você, assim como eu, considera-se um ser musical, sabe o quanto a música nos acompanha em todos os momentos, nos difíceis então...

Concorde (ou discorde também, ué!) comigo nos estágios que sintonizamos ao final de um relacionamento:

1ª Estação: Me joguei no chão da sala de estar.

É aquele momento logo depois do the end do love em que você, ainda não entende o que é ex-my e, funkdido, queria mesmo é fazer malcriação e bater as perninhas - ao estilo de cima pra baixo, você tá é quebraaaaaado, pai!

Nesses dias downs as músicas bregas são clássicas, e se tiver classe, será fã inveterada(o) da Adele.

Tá um tchê thererê tchê tchê paixão fazendo muvuca por dentro: tudo, todos, todavia é dolorosa e faz sentir saudade.

Chora toda vez que vê, não vê e pensa em ver... e sabe exatamente o motivo dos olhos tão tristes: "tive tudo em minhas mãos, mas falhei". Mesmo que não tenha falhado de fato!


2ª Estação: Dei a volta por cima, me valorizei.


É aquele período em que aceita o convite dozamigo pra ir ao Forró - lê-se: reggae, arroxa, axé, buteco, casadozoto, qualquer coisa que expulse as #coisaruim do corpo -, e quando chega lá parece que só tem casal. Se sente o peixe fora d'água em vez de mergulhando no límpido aquário do amor que Fagner cantava nos tempos de bonança.

Não quer dar o braço a torcer, sair por baixo. Vive cantando "inventa a história que você quiser, só não conta a verdade", e #Sabecomé, chora pelos cantos, sente a velha saudadezinha e acha tudo sem sentido, qualquer um inapto a receber tentativas gratuitas.


3ª Estação: Pra quê, te espero de braços abertos se você caminha pra nunca chegar?


O tempo passando, a depender de cada organismo, mais rápido as coisas vão melhorando e chega a hora de ser pop né?! Afinal, pra quê sofrer de amor se pode dizer: "agora só vou gostar de quem gosta de mim!"?

E aí, 'vem ni mim' rejeição: "Como é que eu fiquei com aquilo?" - Depois dizem que a paixão não é cega, porque agora ele é baixinho demais, acima do peso, parece homem das cavernas, insuportavelmente exigente, proza ruim, risada de retardado, um grosso, porco, malcriado, criado por vó...#CrênCrên!

ps.: No caso masculino se resume numa coisa: VA-GA-BUN-DA!

Chega o nível que nem dignidade pra ter nome a criatura tem mais, minha gente. De defunto/falecida a despacho de vudú o/a Ex "ainda pega!"

4ª Estação: Mas não tem revolta, não. Eu só quero que você se encontre...


E você não caminha mais vazio, tá cheio de novas perspectivas... Na verdade, está feliz pelo que ocorreu e ficou no passado. O que foi mesmo? o vento que passa trás boas mudanças! Pra você que agora é hard, se sente heavy: É mais que chegada a hora de recomeçar, ver cada coisa em seu lugar, viver sem recordar jamais...É um tempo bem introspectivo de dedicação total a você.

___

Custa, né gente?! É um samba de doido... mas eu sei que cada um que ouviu “O problema não é você”, “Você vai encontrar alguém que te mereça” ou “espero que possamos ser amigos”, na pior das hipóteses, passou de alguém deprimido para alguém mais experiente.

Eu sei que ainda não demitiram todos os cupidos bêbados nem inventaram a fórmula que nos permite escolher de quem gostar, mas nem por isso você deseja o mal, joga praga e parte a cara de quem te deu uma pesada bem dada no meio do traseiro que tanto admirava, né não?!

Nenhum estágio é dispensável. Não mesmo! Podem não ser curtos e muito menos engraçados. Alguns estacionam na faixa arranhada que chegam a enferrujar na vitrola. As notas podem ranger é no estomago... mas na maioria dos casos são digeridas. E quer saber?! te torna um profissional mais qualificado pro mercado canibal das relações humanas.

Ah sim, qualquer fase que for pulada pode trazer prejuízos futuros: Já pensou você precisando ser admitido no novo amor mas ser reprovado por caso mal resolvido?!

Se já passou por tudo isso... ahh, tutz! tutz! A vida é bela e o mundo é graaaande, você sabe disso!



0 Comentários:

Postar um comentário

 
- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.CKrB3I8o.dpuf