10.11.13

Trilhando com Baleiro

Ando triste, tristinha, tristona. Sem graça vem intercalando com emburrada. Aparentemente não tenho razões. Minha vida é perfeitinha, não tenho mesmo. Mas eu vivo lutando contra o luto. Eu sei que você está vivo, mas sumiu. Cansei de te procurar e percebi que não sente falta de mim. Cansei de sonhar e planejar e...você não parece querer compartilhar o futuro comigo. Dizem que de amor ninguém morre, mas eu sei que desfalece. Gradativamente, às vezes nem consegue ser aos poucos. É triste enterrar alguém que está vivo. É triste soterrar bons sentimentos. É triste não poder doar o que só pode existir se fora de nós.


0 Comentários:

Postar um comentário

 
- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.CKrB3I8o.dpuf