8.1.14

Merecimento

"A gente aceita o amor que acha que merece." (As vantagens de ser invisível)



As vezes a gente pensa que está perdendo. Sabe aquela sensação de que encontrou o que queria e por alguma ironia, escorreu pelas mãos? Pois é, acontece.

E aí o perdido é achado por alguém e você passa a se questionar até entender que talvez era mesmo a garagem que precisava ou até onde podia chegar. Era ali, era aquilo. E você pode ir além. E você vai além...

Sabe de uma coisa? Eu acredito em Alguém que sabe exatamente o que a gente merece e onde pode chegar, o que pode alcançar. E se pode ser melhor porque estagnar? Porque insistir no agora se não sabe o que vem vida afora?

As vezes a gente perde pra ganhar, pra ter espaço para enxergar, pra ter maturidade pra estruturar, pra ter tempo de treinar, pra se fortalecer e continuar, pra ter condições quando encontrar o que pode mais, pode ser melhor pra gente.

É, e eu não discuto mais com o destino, faço minha parte, sempre o meu melhor, vou continuar sendo inteira sim, mesmo que arranquem partes e erre nas dosagens. Não me permito a chance de me arrepender depois. Sofro, claro, mas não paro aí. Levanto, ergo a cabeça, sigo em frente... com lembranças, com memórias, com marcas, com faltas, mas em frente!

Eu sei que eu mereço muito, que eu mereço tudo, porque eu aprendi a merecer e estou aberta a tudo de melhor que o Universo tiver a me enviar. Sorrindo! Brilhando! Sendo! Seguindo! Somando! E melhor... mais que amando, perdoando!

(Laís Sousa)

0 Comentários:

Postar um comentário

 
- See more at: http://www.ecleticus.com/2011/10/slide-que-funciona-automatico-no.html#sthash.CKrB3I8o.dpuf